DSC_0893-2

As noites de terça, quarta e quinta-feira (24, 25 e 26) no Rio Scenarium começam com o balanço do choro contemporâneo e em clima da maior paixão nacional: o futebol. A partir das 19h30, o sexteto instrumental Taruíra volta ao palco da casa para mais uma de suas apresentações dançantes, em clima de gafieira e com o melhor da música brasileira. Dessa vez, o grupo preparou um show especial, o “Taruíra FC”, que, além de seu já conhecido repertório, apresenta canções que marcaram gerações de torcedores, trazendo para campo grandes compositores e clássicos populares.

O objetivo é relembrar as músicas que mais se destacaram nas conquistas da seleção canarinho, mas também resgatar algumas das melhores composições inspiradas pelo futebol. É o caso de “Um a zero”, uma parceria de Pixinguinha com Benedito Lacerda, motivada pela partida do Brasil contra o Uruguai em 1919, quando o uniforme verde e amarelo levou o primeiro título de campeão sul-americano. O Taruíra reuniu essa e outras canções – como “Pra frente Brasil”, tema da lendária seleção campeã de 1970, e “Na cadência do samba (Que bonito é)”, ao lado de “Aqui é o país do futebol”, de Milton Nascimento e Fernando Brant, “A ginga do mané”, de Jacob do Bandolim e “Conversa de botequim”, de Noel Rosa – em uma só faixa, lançada em maio para embalar a campanha da seleção brasileira no mundial de futebol.

O grupo é conhecido por sua mescla de ritmos – do baião ao jazz -, mas também por unir o tradicional chorinho à música pop e até mesmo à clássica. O resultado é um repertório que vai de Pixinguinha e Waldir Azevedo a Luiz Gonzaga e Beatles, incluindo também canções autorais. Suas variadas facetas se traduzem nas múltiplas linguagens, sempre com arranjos próprios, improvisos e solos cheios de personalidade. Nada como uma palavra genuinamente brasileira para dar nome ao sexteto, hoje um dos mais conceituados expoentes do chorinho contemporâneo no estado do Rio de Janeiro.

O Taruíra sobe ao palco com Breno Morais (sax soprano e flauta), Carlos Watkins (sax tenor),  José Roberto Leão (violão de sete cordas), Leandro Mattos (pandeiro), Maurício Verde (cavaco) e Yuri Garrido (bateria), e é seguido na terça pelo grupo Samba Urbano, e na quarta pela cantora Sarah. Já na quinta, quem encerra a noite é a cantora e bandolinista Nilze Carvalho.

Serviço:
Taruíra no Rio Scenarium
Datas: 24, 25 e 26/06
Horário: 19h30
Endereço: Rua do Lavradio, nº 20 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Classificação: 18 anos
Entrada: R$25

 

TaruíraFC_MarianaRocha

Futebol sempre foi um tema que inspirou grandes músicas no Brasil. Gerações de torcedores cantaram que a taça do mundo é nossa ou voa, canarinho, voa. No próximo domingo, 25/05, às 15h, o Taruíra vai reunir todas essas canções em uma roda de choro na Cervejaria Bohemia para o lançamento do Taruíra FC, projeto que irá se apresentar em todos os jogos do Brasil durante a Copa do Mundo.

O grupo vai resgatar as músicas mais marcantes dos mundiais em arranjos novos e clássicos, como “1×0”, de Pixinguinha, um dos mais contundentes relatos futebolísticos em nossa música, “Coração verde e amarelo” e “Pra frente Brasil”. O repertório vai trazer ainda a já tradicional mescla moderna que o Taruíra faz do choro com os mais variados ritmos brasileiros, unindo o samba, o baião, o maxixe e outras influências em uma seleção de músicas que vai de Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim a Moacir Santos e Luiz Gonzaga.

E o Taruíra FC já está escalado para levar ao público o melhor da nossa música neste domingo e em todos os jogos do Brasil na Copa, com apresentações do grupo antes, nos intervalos e depois de cada partida. O grupo entra em campo com Breno Morais (flauta e sax soprano), Carlos Watkins (saxofone tenor), José Roberto Leão (violão de sete cordas), Leandro Mattos (pandeiro), Maurício Verde (cavaquinho) e Yuri Garrido (bateria).

O lançamento do projeto neste domingo já acontece em clima de Copa do Mundo, mas também em sintonia com o formato adotado pelo Taruíra há mais de quatro anos, quando lançou suas rodas de choro em Petrópolis. “Vamos tocar sem palco, com o público em volta, sem deixar de lado essa característica de agregar pessoas que a roda sempre teve. Preparamos um show especial voltado para o mundial, mas sem abrir mão da alegria e da descontração tão presentes nesses encontros”, revela Breno Morais.

O aquecimento para o lançamento acontece nesta sexta e sábado, no RioScenarium, às 20h, quando o Taruíra volta ao palco carioca para shows dançantes e que deixam a casa em clima de gafieira ao som de músicas como “Brasileirinho”, “Bole-bole” e “Tico Tico no Fubá”.

Serviço

Taruíra na Cervejaria Bohemia – Lançamento do Taruíra FC

Data: 25/05 (domingo)

Horário: 15h

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – centro – Petrópolis/RJ

Entrada: R$15

taruira em nogueira

O grupo Taruíra volta às praças para um show especial nesta quarta-feira, dia 30, véspera de feriado. Em um evento promovido pela Prefeitura Municipal de Petrópolis e pela Fundação de Cultura e Turismo para oficializar a inauguração da Praça de Nogueira, o Taruíra se apresenta a partir das 20h em comemoração ao Dia Nacional do Choro, celebrado em 23 de abril, e homenageando o aniversariante do dia 30 em seu centenário: Dorival Caymmi.

Em um show exclusivo, o grupo leva ao público um formato único em que reproduz os contrapontos de sopros de Pixinguinha. Com Breno Morais na flauta e Carlos Watkins no saxofone tenor, algumas das principais músicas do instrumentista e compositor – entre elas “Lamentos”, “Sofres porque queres”, “Choro de gafieira” e “Carinhoso” – ganham releituras com o som já característico do Taruíra, mesclando o chorinho a outros ritmos e com todo balanço da música brasileira.

O grupo vai resgatar ainda canções inesquecíveis do cantor e compositor baiano Dorival Caymmi, que completaria 100 anos nesta quarta-feira. “Fechando a semana em que se comemorou o Dia do Choro e celebrando o centenário de um dos grandes legados da nossa música, vai ser uma noite especial para o Taruíra, que vai voltar ao palco em que mais se apresentou, o das praças. É sempre um prazer tocar assim, porque ficamos mais próximos do nosso público”, analisa Morais.

Completam o grupo José Roberto Leão (violão de sete cordas), Leandro Mattos (pandeiro) e Yuri Garrido (bateria). O Taruíra recebe ainda, para este show, a participação especial do cavaquinista Maurício Verde, que já se apresentou ao lado de grandes nomes da música brasileira, como Altamiro Carrilho, João Nogueira, Paulo Moura, Hermeto Pascoal, Nicolas Krassik, Wilson das Neves, Luiz Gonzaga, Clementina de Jesus, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Zé Keti, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, entre vários outros.

Serviço
Taruíra na Praça de Nogueira
Data: 30/04 (quarta-feira)
Horário: 20h
Entrada: gratuita
Classificação: livre

DSC_0807

O final de semana começa com o balanço do choro e do samba na Lapa. Atração recorrente na programação recente do Rio Scenarium, o sexteto instrumental Taruíra volta à casa na sexta e sábado (21 e 22/03) para mais dois shows que prometem unir o tradicional chorinho a uma vasta gama de ritmos brasileiros, latinos e jazz.

Essa mescla é característica do grupo, que trouxe para um dos mais ricos gêneros musicais brasileiros a irreverência e alegria de ritmos como o samba, o baião e o maxixe. O resultado é um repertório que passeia com desenvoltura pela obra de compositores como Pixinguinha, Altamiro Carrilho, Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim. Além disso, o grupo coloca o público para dançar ao som de suas próprias composições, presentes no DVD “Nas Nuvens”, e arranjos únicos para canções como “April Child”, que ganhou o jazz com pitadas brasileiras de Moacir Santos, e “Ticket to ride”, canção dos Beatles que foi temperada com “Baião”, de Luiz Gonzaga.

O Taruíra é formado por Breno Morais (flauta e sax soprano), Carlos Watkins (sax tenor), Guto Menezes (cavaco e viola caipira), José Roberto Leão (violão de sete cordas), Leandro Mattos (pandeiro) e Yuri Garrido (bateria), e sobe ao palco a partir das 20h. Na sexta-feira, é seguido por Leandro Fregonesi, DJ Marcelo Sabre e pelo grupo Xique-Xique. Já no sábado, abre a programação para Batuque na Cozinha e novamente Marcelo Sabre e Xique-Xique.

Serviço
Taruíra no Rio Scenarium
Data: 21/03 (sexta) e 22/03 (sábado)
Horário: 20h
Endereço: Rua do Lavradio, 20 – Centro antigo – Rio de Janeiro/RJ
Entrada: R$35 na sexta; R$40 no sábado
Classificação indicativa: 18 anos

final_4 (1)

As noites de sexta (07) e sábado (08) vão ser dançantes no Rio Scenarium ao som do choro com samba, baião e ritmo de gafieira do Taruíra. O grupo, atração que lotou a casa em três temporadas em 2013, volta a um dos mais importantes palcos da Lapa para duas novas apresentações, a partir das 20h.

O grupo traz para o show o clima de suas tradicionais rodas de choro, realizadas em Petrópolis há mais de quatro anos. Unindo o tradicional ao contemporâneo, o Taruíra explora as mais variadas vertentes da música brasileira, trazendo o balanço de um de nossos mais ricos gêneros musicais para o jazz de Charlie Parker, o “Bolero” de Ravel e até temperando “Ticket to ride”, dos Beatles, com  “Baião”, de Luiz Gonzaga.

Breno Morais (sax soprano e flauta), Carlos Watkins (sax tenor), Guto Menezes (cavaco e viola caipira), José Roberto Leão (violão de sete cordas), Leandro Mattos (pandeiro) e Yuri Garrido (bateria) apresentam releituras de Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, Pixinguinha e Altamiro Carrilho, além de músicas próprias, presentes em seu primeiro DVD, “Nas nuvens”.

Suas variadas facetas se traduzem nas múltiplas linguagens, sempre com arranjos próprios, improvisos e solos cheios de personalidade. Nada como uma palavra genuinamente brasileira para dar nome ao sexteto, hoje um dos mais conceituados expoentes do chorinho contemporâneo no estado do Rio de Janeiro.

 

Serviço
Taruíra no Rio Scenarium
Data: 07/02 (sexta) e 08/02 (sábado)
Horário: 20h
Endereço: Rua do Lavradio, 20 – Centro antigo – Rio de Janeiro/RJ
Entrada: R$35 na sexta; R$40 no sábado
Classificação indicativa: 18 anos

O Taruíra se apresentou pela primeira vez no lago do Sesc Quitandinha, em Petrópolis, como parte do Festival Sesc Rio de Inverno! O show aconteceu no dia 28 de julho. O grupo já havia se apresentado no Festival no dia 20, desta vez na Praça D. Pedro. Foi um dia de muito sol e público receptivo! Confira como foi nas fotos de Mariana Rocha:

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha1

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha2

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha3

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha4

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha5

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha6

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha7

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha8

Taruíra_PalácioQuitandinha_MarianaRocha9

Clique aqui para ver todas as fotos.