Taruíra une músicas sobre Copa e futebol em uma só faixa

DSC_0832

O choro, um dos gêneros mais tradicionais da nossa música, ganhou ainda mais tons de verde e amarelo com o lançamento da faixa “Taruíra FC”. A gravação do sexteto instrumental Taruíra reúne algumas das canções que mais marcaram gerações de torcedores, trazendo para campo grandes compositores e clássicos populares.

A faixa conta com o tempero especial do grupo, cujo trabalho mescla o chorinho com os mais variados gêneros musicais, do baião ao jazz. Nesse arranjo, o Taruíra reuniu “Pra frente Brasil”, tema da lendária seleção campeã de 1970, e “Na cadência do samba (Que bonito é)”, ao lado de “Aqui é o país do futebol”, de Milton Nascimento e Fernando Brant, “A ginga do mané”, de Jacob do Bandolim, “Um a zero”, de Pixinguinha, e “Conversa de botequim”, de Noel Rosa.

O objetivo é relembrar as músicas que mais marcaram as Copas do Mundo para os brasileiros, mas também resgatar algumas das melhores composições inspiradas pelo futebol. É o caso de “Um a zero”, uma parceria de Pixinguinha com Benedito Lacerda, inspirada pela partida do Brasil contra o Uruguai em 1919, quando a seleção canarinho conquistou o primeiro título de campeã sul-americana.

“A proposta de reunir essas músicas surgiu de brincadeira na última Copa e foi atualizada para esta. Vai ser ótimo apresentá-la durante o mundial e resgatar algumas dessas canções”, diz José Roberto Leão, responsável pelo arranjo e pelo violão de sete cordas no grupo. “O futebol reúne muitas paixões e decepções e, assim como esses sentimentos, pode gerar grandes canções”, finaliza. Completam o Taruíra o saxofone soprano e flauta de Breno Morais, o sax tenor de Carlos Watkins, o pandeiro de Leandro Mattos, o cavaquinho de Maurício Verde e a bateria de Yuri Garrido.

A música poderá ser ouvida ao vivo durante a Copa do Mundo, quando o Taruíra se apresenta na Cervejaria Bohemia antes, nos intervalos e após todos os jogos do Brasil no mundial.

Confira abaixo: